segunda-feira, 18 de junho de 2018

REALGOTHIC 5 X 9 BOLERAGEM FC



Vampires Cry!


No dia 01/06, fomos até o campo society da Playball Pompeia enfrentar o forte time do Boleragem FC. No ano passado já havíamos duelado com eles, em um impressionante embate que terminou em igualdade. Mas sabemos que é sempre complicado desafiar um time mais "padrão", fora do circuito alternativo. O nível de competitividade é muito mais alto. O Boleragem é bem organizado, treina semanalmente e disputa torneios. Realmente, seria difícil. Mas não impossível!


Dia especial, esse foi o 50º jogo do Real Gothic Brasil!

Como esperado, os mandantes iniciaram com mais posse de bola e volume de jogo. Contudo, mantivemos o controle na defesa, com cautela e sem desespero. Não demorou e as chances do Boleragem começaram a surgir, mas o goleiro Maurício fez defesas providenciais. Por outro lado, nosso contra-ataque também começava a encaixar. Em um deles, Flávio arrancou pela esquerda e tocou para Freon. O capitão chutou e o goleiro rebateu. Na sequencia, Freon desarmou o defensor e abriu o placar: 1 x 0. Surpresa na arena! Com a vantagem, passamos a explorar os erros do adversário.


O primeiro tempo seguia equilibrado, mas já no final sofremos o empate. Esse duro golpe desestabilizou um sistema defensivo que se matinha sólido e, poucos minutos depois, veio a virada: 2 x 1. E assim terminou a primeira etapa.




O panorama não mudou no começo do segundo tempo. Mas, mesmo na defensiva, encontrávamos espaços e criávamos algumas oportunidades. Flávio Sioux deu um "passe fantasma" para Julio empatar: 2 x 2. Contudo, em uma boa jogada coletiva, o Boleragem tomou a dianteira novamente: 3 x 2. Mas nada estava definido, o duelo seguia frenético. Pouco depois, Freon avançou pela esquerda e tocou para Julio marcar novamente: 3 x 3. Os morcegos seguiam firmes e fortes!




Mas um deslize de marcação foi fatal e após cobrança de escanteio os mandantes marcaram: 4 x 3. Depois, em um chute de longe e com boa dose de sorte, o Boleragem ampliou a vantagem: 5 x 3. A essa altura, o tempo regulamentar já havia se esgotado mas - sem aviso - o jogo prosseguiu. Cansados e sem muitos reservas, não havia como resistir.

Inertes, sofremos o sexto tento: 6 x 3. Entretanto, aproveitando o relaxamento e a displicência dos oponentes, voltamos a crescer. Após chute cruzado de Esqueleto, Elen mostrou oportunismo e empurrou para as redes: 6 x 4. Pouco depois, Julio arriscou lançamento de longe e o arqueiro adversário engoliu um delicioso frango: 6 x 5. Encostamos no placar, assustamos os favoritos, mas não havia mais folego. Após cerca de quarenta intermináveis minutos de segundo tempo, totalmente exaustos, nos desorganizamos completamente em campo. Com um elenco maior e mais preparo, os mandantes aproveitaram a deixa e consolidaram a vitória com mais três gols: 9 x 5. Fim de jogo (finalmente)!


 




Vídeo do Jogo:


Ficha Técnica
Real Gothic 5 x 9 Boleragem FC
Jogadores: Maurício (G), Freon, Flávio Sioux, Julio, Tucho, Silas, Kelvyn Esqueleto, Elen, Sophia Raven e Eduardo Baphomet.
Gols: Julio (3), Freon (1) e Elen (1).



terça-feira, 29 de maio de 2018

REAL GOTHIC 9 X 3 ROSA NEGRA


Performance!

No dia 06/05, o Real Gothic foi a Santo André visitar um de seus grandes rivais, o Rosa Negra Ação Direta & Futebol. Desde 2014, as agremiações já haviam se encontrado em três inesquecíveis ocasiões, em duelos recheados de emoção e tensão. Mas um cheiro de freguesia rondava o ar, afinal, jamais os morcegos conseguiram vencer os rosa-negrinos...




Contudo, dessa vez foi diferente!


Desfalcados de um goleiro, Ed atuou improvisado como guarda-metas. Mas esse foi apenas um detalhe, já que o guarda-redes pouco foi exigido durante a partida. Bem posicionado, logo no início, o todonegro tomou as rédeas da peleja e encurralou os mandantes. Não demorou e, uma após a outra, as oportunidades começaram a surgir. Sophia, Esqueleto e Osmair foram as redes e deixaram os morcegos em excelente vantagem: 3 x 0. E assim terminou a primeira etapa.

Osmair Dark em ação!


Sophia Raven abriu o marcador em excelente jogada individual!


Já no recomeço do jogo, Flávio Sioux ampliou o marcador: 4 x 0. Logo em seguida, o Rosa Negra esboçou uma reação e com dois gols em sequencia encostou no placar: 4 x 2. Mas, ao contrário de outras ocasiões, o susto não desestabilizou os morcegos. Muito pelo contrário, tranquilos, retomaram o controle e foram ainda mais fatais. Sioux novamente, Freon (três vezes) e Eduardo Baphomet fizeram os gols que consolidaram a vitória: 9 x 2. Já no final, os anfitriões conseguiram descontar em um gol de penalti, mas foi só. Em grande performance, o Real Gothic conquistou a esperada vitória!


Flávio Sioux chuta de primeira para ampliar a goleada!

 

Freon avança pela direita e anota um dos seus tentos!


Uma exibição indiscutível e uma vitória muito importante.


Eduardo Baphomet, Osmair, Bruno, Julio, Bill e Silas.
Agachados: Freon, Ed, Sophia Raven, Sioux e Esqueleto.



Ficha Técnica
Real Gothic 9 x 3 Rosa Negra
Jogadores: Ed (G), Freon, Flávio Sioux, Bill, Julio, Silas, Kelvyn Esqueleto, Osmair, Bruno, Sophia Raven e Eduardo Baphomet.
Gols: Freon (3), Flávio Sioux (2), Sophia Raven (1), Esqueleto (1), Osmair (1) e Eduardo Baphomet (1).



quarta-feira, 16 de maio de 2018

REAL GOTHIC 13 X 2 INSTITUTO FC

Matador!

Após quase dois meses de inatividade o Real Gothic entrou novamente em ação! Dessa vez para encontrar os tradicionais adversários do Instituto FC. Esse foi o nosso sexto duelo com os caras, em um arranca-toco que acontece religiosamente desde 2015. O jogo aconteceu na Quadra do Atlético Vila Alpina, a casa do Instituto São Caetano.

Desfalcados e com um elenco escasso, os mandantes estavam fragilizados. O Real Gothic, por sua vez, comparecia em peso e com muita sede de bola - Freon esteve ausente e Taís Pandora compareceu mas ainda sem condições de atuar.


Sem mais delongas, vamos ao resumo da partida!

Bruno, o estreante Eduardo Baphomet, Henrique Muller, Silas e Osmair;
Agachados: Flávio Sioux, Sophia Raven, Ed, Esqueleto e Tucho.


Com um ritmo forte, o Real Gothic se impôs, controlou o jogo e construiu o resultado já na primeira etapa. O Instituto lutou e tentou resistir, mas não teve forças para equilibrar o embate. Sophia Raven (duas vezes), Tucho (duas vezes) e Flávio Sioux anotaram os gols do todonegro: 5 x 0. Tudo estaria perfeito se não fosse o goleiro Henrique Muller que, lesionado, deixou a partida. Infelizmente o atleta permanecerá em observação, afastado do esporte por três meses.


 
 


No segundo tempo o panorama não mudou. Mesmo sem um arqueiro de ofício (alguns atletas revezaram-se na função), o Real Gothic manteve-se sólido na defesa. Além disso, o ataque mostrou-se ainda mais letal. Eduardo Baphomet (duas vezes), Bruno (duas vezes), Sophia Raven (duas vezes), Ed e Flávio Sioux ampliaram o placar e sacramentaram a goleada. O valente Instituto ainda conseguiu anotar dois tentos. Placar parcial da segunda etapa: 8 x 2. Resultado agregado e final: 13 x 2. Vale destacar que essa foi a maior vitória da história do escrete das sombras! Matador!



Ficha Técnica
Real Gothic 13 x 2 Instituto FC
Jogadores: Henrique (G), Taís, Flávio Sioux, Ed, Silas, Kelvyn Esqueleto, Elen, Tucho, Osmair, Bruno, Sophia Raven e Eduardo Baphomet.
Gols: Sophia Raven (4), Tucho (2), Flávio Sioux (2), Bruno (2), Eduardo Baphomet (2) e Ed (1).




quarta-feira, 21 de março de 2018

REAL GOTHIC 7 X 8 MADAME CLUB


Lament!


Os morcegos estão de volta! Começou a temporada 2018!

Para iniciar o ano, um duelo inesperado e especial. O Real Gothic enfrentou um combinado formado pelos atuais proprietários do Madame Club. O Madame (ex-Madame Satã), é um clube histórico da cidade de São Paulo e, sobretudo, do Brasil. Palco da efervescência cultural dos anos 80 e do florescer do rock brasileiro, a casa se tornou tão emblemática que possui até livro e documentários. Cenário de diversas tribos e subculturas, com o tempo, o Madame também se tornou um "point" entre os darks e góticos. Os tempos mudaram, é verdade, mas mesmo assim, um jogo com o Madame não deixa de ter um sabor singular. O desafio foi aceito e o duelo ocorreu no Top Society, na Vila Maria.

Descontração no vestiário. Ao centro, a estreante Sophia Raven.

Vamos ao jogo!

Logo no início, com assistência de Freon, Ed inaugurou o marcador: 1 x 0. Mas pouco depois, em uma jogada de sorte após cobrança de escanteio, o Madame empatou: 1 x 1. Não demorou muito e uma bela troca de passes entre Sioux e Tucho, culminou em mais um tento de Ed: 2 x 1. Contudo, com um forte chute da intermediária, o Madame conseguiu novamente a igualdade. O duelo estava equilibrado, mas os morcegos apresentavam ligeira vantagem. Com mais posse de bola e volume de jogo, só faltava capricho e efetividade nas conclusões. E dessa forma terminou a primeira etapa.




Segundo Tempo:

Recomeçamos a segunda etapa irreconhecíveis. O combinado do Madame aproveitou o bom momento e dilatou o placar: 6 x 2. A verdade é que, pelo menos três desses gols foram provocados por grosseiras falhas individuais dos góticos. Mas os adversários souberam aproveitar o presente. E a animada torcida do Madame já dava o duelo como definido.
Um lampejo de reação começou quando Freon tocou para Ed, que, de primeira, escorou de calcanhar para Raven. A estreante fintou o marcador e cruzou para Silas empurrar para as redes: 6 x 3. Uma jogada bonita, simples e eficiente.

Parecia que era possível reencontrar o caminho. O combinado do Madame ainda chegaria as redes novamente: 7 x 3. Mas a partir daí, o que se viu foi um domínio total dos morcegos. Logo na saída de bola, Ed chutou de longe e estufou o barbante: 7 x 4. Pouco depois, o mesmo Ed, daria passe açucarado para Silas marcar mais um: 7 x 5. E teve mais! Após bate-rebate, Sioux pegou rebote e chutou forte no canto: 7 x 6. Já no lance seguinte, Raven desarmou um oponente, puxou contra-ataque e soltou para Freon empatar a peleja: 7 x 7. A pressão era constante, os morcegos atacavam com tudo e os rubros estavam acuados. De frente com o goleiro, Sioux ainda perderia chance preciosa de virar o marcador.




Entretanto, faltando cerca de três minutos para o fim, um lance infortuno e confuso. Após cruzamento na área, a bola foi de encontro ao braço de Ed. Um pênalti duvidoso que caiu como uma luva para o Madame sair do sufoco: 8 x 7.

Restava pouquíssimo tempo, mas o Real Gothic lutou até o final. No ultimo lance, Freon teve a bola do jogo para recolocar a justiça no resultado, mas chutou para fora. Sem acréscimos, o confronto terminou. Restou-nos o lamento.



Ficha Técnica
Real Gothic 7 x 8 Madame Club
Jogadores: Henrique (G), Warley (G), Freon, Flávio Sioux, Ed, Silas, Kelvyn Esqueleto, Elen, Tucho, Bill e Sophia Raven.
Gols: Ed (3), Silas (2), Flávio Sioux (1) e Freon (1).


 

sábado, 30 de dezembro de 2017

REAL GOTHIC 4 X 4 DIVERSUS FC

Fireworks!

Encerrando a temporada 2017, enfrentamos o Diversus FC - a nova agremiação gay da cidade de São Paulo. O confronto ocorreu na Arena Central, onde, em setembro, enfrentamos o Natus FC (de onde saíram muitos atletas do Diversus).

Foi um duelo eletrizante! Tucho, de volta ao escrete, inaugurou o marcador. Pouco depois, Osmair ampliou a vantagem para os morcegos: 2 x 0. Mas era apenas o começo da peleja e não demorou para o forte time mandante reagir. Eles empataram a partida e o placar ao fim da primeira etapa traduzia perfeitamente o equilíbrio visto em quadra: 2 x 2.




No segundo tempo, o Diversus voltou ligeiramente melhor. Com um toque de bola preciso, eles envolveram o Real Gothic e conseguiram a virada: 3 x 2. Contudo, os morcegos jogavam com raça, não desanimaram e Esqueleto igualou o marcador: 3 x 3. Extremamente nivelado, o jogo parecia realmente encaminhado para o empate. Porém, já no final do tempo regulamentar, uma falha inocente nos custou o quarto gol dos brancos: 4 x 3. Parecia difícil de buscar, mas nos minutos finais, Freon chutou da intermediária e deu números finais ao amistoso. Fim de jogo. Real Gothic 4 x 4 Diversus.
 

Mais um ano chega que se encerra. Queremos agradecer todos que nos apoiaram, estiveram presentes nos jogos ou simplesmente incentivaram a equipe, mesmo a distância. Esse foi um ano muito especial - por diversos motivos - mas especialmente pelo aniversário de cinco anos do time! E seguimos resistindo! Futebol, música e cultural alternativa!

E assim encerramos a temporada 2017. Fizemos dezesseis jogos: 09 vitórias, 02 empates e 05 derrotas.



Ficha Técnica
Real Gothic 4 x 4 Diversus
Jogadores: Henrique (G), Freon, Flávio Sioux, Osmair, Silas, Kelvyn Esqueleto, Elen, Tucho e Taís.
Gols: Tucho (1), Osmair (1), Esqueleto (1) e Freon (1).



Trilha Sonora: