sexta-feira, 11 de julho de 2014

IV COPA REBELDE


Real Gothic na Copa!

No domingo, dia 06/07/2014, participamos da IV COPA REBELDE. Trata-se de um torneio alternativo organizado por movimentos sociais e coletivos anarquistas. Nessa edição, os jogos foram realizados em um terreno na região da Luz, "abandonado" pelo governo do Estado. Mais do que um campeonato de futebol, a Copa Rebelde propõe uma retomada do espaço público e compõe uma frente de reivindicações e protestos perante a Copa do Mundo da FIFA e suas consequências sociais. O Real Gothic Brasil, por ser um time alternativo e misto, recebeu o convite para o evento.

Aceitamos o convite com muito orgulho e alegria, afinal, esse foi um evento marcante para o Real Gothic. Até então só havíamos disputado amistosos, essa foi nossa primeira participação em um campeonato. Os atletas presentes foram: Freon, Ed, Bill, Geovane, Silas e o atleta convidado Gabriel (goleiro). Taís, lesionada, foi a ausência mais sentida.


A Arena Luz!
Ou a Especulação Imobiliária?


O terreno contava com dois campinhos, previamente arrumados coletivamente, além de muitos times, representando diversas bandeiras sociais. O clima era de festa, com muita música, crianças brincando e outras atividades culturais. O terreno abandonado e morto, renascia e ganhava corpo e função de forma singela e autêntica. Um convite à reflexão.

Um outro olhar sobre a Copa do Mundo.

O regulamento do certame previa uma primeira fase com jogos curtos de dez minutos ou dois gols, sendo que as primeiras oito equipes com três vitórias, se classificariam para as quartas de final. Todas equipes estavam ansiosas.


Nosso primeiro jogo foi contra os DESTEMIDOS. Desacostumados com o terreno, levamos um certo tempo para entrar no jogo. Mas quando ganhamos ritmo, boas jogadas foram criadas e Geovane marcou nosso primeiro gol no torneio: 1 x 0. Tivemos outras ótimas chances, mas não caprichamos nas conclusões e, em duas oportunidades, paramos na trave. Empolgados, esquecemos as posições combinadas e, em um contra-ataque, sofremos o gol de empate: 1 x 1.
Depois do choque, nos acalmamos e recuperamos o foco inicial. Reorganizados, voltamos a pressionar. Ed marcou o seu décimo gol com o manto amaldiçoado, o gol da vitória: 2 x 1. E assim terminou a partida. Começamos muito bem!




Como previa o regulamento, os times que venciam deviam sair do campo e esperar para jogar novamente. E aguardamos bastante, prejudicados pelo sol forte. Góticos derretendo no deserto e disputando as mínimas sombras...


Staring at the sky / Staring at the sun.
Whichever I choose / It amounts to the same.

Após muito tempo de espera, finalmente entramos em campo para nosso segundo jogo. Dessa vez, os adversários foram os PELADEIROS. Foi um jogo muito truncado, com poucas chances para ambos os lados. O jovem e rápido time dos Peladeiros explorava os lançamentos do goleiro para o ataque. Eles também marcavam em cima nossa saída de bola, o que dificultava a construção de nossas jogadas. Atuamos com raça, mas nossos ataques mais agudos eram bloqueados com falta. Aos trancos e barrancos, os dez minutos se passaram e o marcador não foi alterado: 0 x 0. 


Vale lembrar que, com essa partida, completamos exatos 10 jogos! Outro marco na história do Real Gothic Brasil!


Exaustos, ficamos na expectativa de nosso terceiro e derradeiro jogo. Se conseguíssemos a segunda vitória teríamos chances de classificação. Contudo, para nossa surpresa, fomos eliminados sem fazer a terceira partida. Achamos estranho, porque outras equipes fizeram três ou até quatro jogos. De fato, o regulamento do torneio ficou bem confuso.

De qualquer forma, ficamos extremamente satisfeitos com nosso desempenho. Uma vitória e um empate em nosso primeiro certame. Eliminados porém invictos, nada mal. Além disso, o mais importante foi fazer parte desse evento. Sem dúvidas, foi uma experiencia enriquecedora para o time. E reafirma o Real Gothic como uma equipe alternativa.



O título ficou com o Autônomos FC - que, aliás, já enfrentamos em 2013.


Vídeo-Reportagem sobre a IV Copa Rebelde:

De Pé: Bill, Freon, Ed, Silas. Agachados: Geovane e o atleta convidado Gabriel.



Ficha Técnica
Real Gothic 2 X 1 Destemidos
Jogadores: Gabriel (G), Freon, Ed, Bill, Silas e Geovane.
Gols: Geovane (1) e Ed (1).


Ficha Técnica
Real Gothic 0 X 0 Peladeiros
Jogadores: Gabriel (G), Freon, Ed, Bill, Silas e Geovane.


Nenhum comentário: