domingo, 3 de maio de 2015

REAL GOTHIC 6 X 8 IMPERIAL

Desafio em Itaquera!

No dia 05/04/2015, enfrentamos o Imperial 1996. Trata-se de um time de amigos que se reúnem há muitos anos para jogar no bairro de Itaquera. Um dos fundadores do Imperial é Fabio Cobra, músico que traz consigo muitas influências do Gothic Rock. Seu projeto mais conhecido entre os góticos é a banda Imperial, que esteve ativa nos anos 90. Já o seu atual grupo, Outro Destino, já se apresentou em nossa sede - o Aeroflith. Você pode ouvir um pouco no youtube.
O convite para essa partida já era um desafio. Jogaríamos em campo society, algo que só fizemos uma vez, em 2013.

Morcegos pousando em Itaquera.


Essa partida também contou com a estréia de três novos atletas para o Real Gothic. São eles: Julio Gomes, Richard Vernillo e Jessy Morceguinha. Jessy atuou pouco pois sentiu-se insegura em jogar sob o sol devido uma tatuagem recém realizada. Sendo assim, estávamos com um time completo, mas sem nenhum reserva. Uma dura missão pela frente!

Os estreantes Julio e Richard.

Seria um duelo complicado. O Imperial jogava em casa, era nitidamente mais preparado, entrosado e, portanto, franco favorito. Entramos no campo com muita humildade e cautela, mas também determinados em fazer um excelente jogo.


O forte time do Imperial.

Surpreendentemente, saímos na frente com menos de um minuto de partida! O estreante Julio aproveitou deslize do goleiro e chutou do meio de campo para marcar: Real Gothic 1 x 0 Imperial. O time atuava bem e, explorando o contra-ataque, criava boas chances. Richard, Freon e Ed estiveram muito perto de marcar. Mas foi somente aos 14 minutos que saiu o segundo gol. Richard avançou pela lateral direita e tocou para Silas. Silas abriu espaço e cruzou para Ed só desviar do goleiro: Real Gothic 2 x 0 Imperial. Os morcegos estavam com tudo! Um início melhor do que o esperado!

Contudo, aos 20 minutos, Freon foi desarmado e dois atacantes do Imperial avançaram livres. Otávio saiu do gol, tentou evitar o chute mas foi encoberto. Ed ainda conseguiu salvar o arremate, mas no rebote nada pôde fazer: 2 x 1.
Entretanto, aos 24 minutos, Freon puxou contra-ataque e tocou para Richard chutar forte e carimbar a trave. Na sobra, o mesmo Freon chutou no angulo e marcou um belo gol, redimindo-se do erro anterior: 3 x 1. Nitidamente, os góticos estavam melhores na partida, porém, no ultimo lance da primeira etapa, os mandantes anotaram o seu segundo tento.


Fim do primeiro tempo. Vitória parcial do Real Gothic por 3 x 2.


Com diversas substituições, o Imperial voltou do intervalo muito mais forte. Logo no início, após tabela, eles empataram a peleja: 3 x 3. Contudo, menos de um minuto depois, Julio desarmou um adversário, driblou o marcador e tocou com categoria no canto do goleiro. Um golaço: 4 x 3. Mas não demorou para o Imperial reagir e empatar novamente: 4 x 4.

Com cerca de 10 minutos do segundo tempo, já estávamos muito cansados. Parecia que todo nosso folego havia sido utilizado na primeira etapa. Ainda mais porque não tínhamos nenhum reserva. O Imperial, por sua vez, imprimia um ritmo forte com as constantes trocas. Exaustos, nossa marcação começou a vacilar e o contra-ataque já não era eficaz.

Após cobrança de lateral na área, nos descuidamos e o Imperial marcou de cabeça o gol da virada: 5 x 4. Mas ainda achamos força para, menos de um minuto depois, buscar o empate. Esperto, Richard cobrou um escanteio na medida para Freon marcar de cabeça: 5 x 5. Mas a resistência durou pouco. Cometemos outros erros cruciais e os mandantes marcaram três vezes, empatando, virando e dilatando o marcador: 8 x 5. Estávamos acuados e sem nenhuma reação...

Chegamos a melhorar nos últimos minutos e perdemos boas chances de marcar. O goleiro Fabio Cobra fez, ao menos, duas espetaculares defesas. Silas, já nos instantes finais, ainda conseguiu descontar: 8 x 6. Mas não havia mais tempo. Final de partida. De goleada, perdemos o segundo tempo por 6 x 3. Já no placar agregado e final, derrota por 8 x 6.


E assim terminou nossa aventura. Mais uma derrota, é verdade. Mas saímos satisfeitos pois, sem dúvidas, fizemos um grande jogo e competimos de igual para igual com um time muito forte.


Aqui, vídeo com os gols e alguns dos melhores lances do jogo, feito pelo pessoal do Imperial:




Ficha Técnica
Real Gothic 6 X 8 Imperial
Jogadores: Otávio (G), Freon, Ed, Silas, Julio, Richard e Jessy Morceguinha.
Gols: Freon (2), Julio (2), Ed (1) e Silas (1).






Nenhum comentário: