terça-feira, 25 de agosto de 2015

REAL GOTHIC 2 X 5 CRUCIFA


Atrocity Exhibition!

No dia 15/08/2015, enfrentamos o Crucifa em mais uma edição desse consagrado derby do futebol alternativo. O duelo ocorreu na Benê Arena e - para surpresa de muitos - o jogo foi realizado em campo society! Não temos muita prática nesse tipo de terreno. Aliás, isso nos faz lembrar da nossa traumática primeira experiência em society: derrota para o próprio Crucifa por 13 x 8, em 2013. Estávamos cientes das dificuldades, mas determinados em fazer um jogo digno.


Contamos com a estreia de um novo atleta: Kelvyn Esqueleto.


Começamos o jogo de forma paciente e objetiva, marcando forte e tentando encaixar algum contra-ataque. As oportunidades eram poucas, é verdade, mas sempre levavam perigo à meta adversária. Em uma delas, Freon chutou de longe e contou com o imponderável para marcar: Real Gothic 1 x 0. Após sofrer o gol, o Crucifa foi com tudo para o ataque, mas nossa defesa manteve-se compacta. Contudo, com o tempo, recuamos demais e os mandantes foram dominando o terreno. Intimidados, a essa altura o maior perigo que oferecíamos era através das bolas paradas.



Após desperdiçarmos um contra-ataque e não conseguirmos uma rápida recomposição, o Crucifa empatou o jogo: 1 x 1. Depois de sofrermos o gol, recuperamos o foco inicial e o jogo manteve-se disputado, mas sem alterações no marcador.


E assim terminou o primeiro tempo. 


Olha a marcação, Bill!!!


Voltamos ao segundo tempo confiantes de que era possível, no mínimo, arrancar um empate. Fizemos um bom primeiro tempo. O jogo era duro, o adversário era superior, mas a possibilidade de conseguir um resultado positivo estava em nossos pés. Tínhamos que manter a defesa consistente mas também ter mais volume de jogo, tocar a bola com tranquilidade e aproveitar os espaços. Mas o que se viu na segunda etapa foi uma verdadeira exibição de atrocidades...

Primeiro, Otávio saiu jogando errado e a bola caiu nos pés do oponente, que não perdoou: 2 x 1. Menos de um minuto depois, Silas e Kelvyn se enrolaram com a redonda, foram desarmados e o Crucifa ampliou a vantagem: 3 x 1. Sentimos o golpe, o time perdeu totalmente o foco e ficou sem reação. A cada minuto que passava, éramos mais envolvidos pelos Crucificados. Freon, Julio e Guilherme foram anulados e o time se limitava a defender. Quando conseguíamos sair ao ataque não éramos capazes de voltar à defesa e acabamos sofrendo mais dois gols dessa forma: 5 x 1. Virou passeio!
Vale destacar a atuação iluminada do crucificado Afrojapa, autor dos cinco tentos do seu escrete, o artilheiro da noite.


No final do jogo, o time - mais descompromissado - se soltou e começou a criar algumas oportunidades. Em uma delas, Freon chutou de direita e a bola - sem muita direção - acabou desviando providencialmente em Silas, enganando o goleiro: 5 x 2. Na sequência, em milagrosa trama de passes, Taís ficou livre de frente pro gol, mas acabou errando. Por outro lado, o Crucifa seguia perigoso em suas investidas. Mas Otavio, com boas saídas de gol, evitou um desastre ainda maior. E assim terminou o segundo tempo: goleada do Crucifa por 4 x 1. No placar agregado e final, derrota por 5 x 2.


Um resultado esperado, é verdade, mas com um sentimento negativo devido o péssimo segundo tempo.
Os morcegos seguem seu vôo, enfrentando desafios cada vez maiores, sem medo da queda, da derrota e da tragédia.





Ficha Técnica
Real Gothic 2 X 5 Crucifa
Jogadores: Otávio (G), Freon, Taís, Silas, Julio, Bill, Guilherme, Aline Casper e Kelvyn Esqueleto.
Gols: Freon (1) e Silas (1).

Nenhum comentário: